Farmácia Dona Teresa
29 Out'16 | Ponte de Lima

Farmácia Dona Teresa

Após a visita ao Laboratório de Análises Clínicas Manuel Pimenta, a comitiva da OF dirigiu-se a uma das oito farmácias da vila de Ponte de Lima, a Farmácia Dona Teresa. À sua espera estava o proprietário e diretor técnico , Luís Silva, que conduziu os dirigentes da Ordem numa visita pelas instalações da farmácia, contando-lhes a sua história e as particularidades do dia-a-dia desta unidade.

Situada numa zona residencial relativamente recente, a Farmácia Dona Teresa serve uma população maioritariamente composta por jovens casais com filhos menores, que procuram na farmácia o apoio de um profissional qualificado para o tratamento de afeções menores e um aconselhamento na aquisição de todo o tipo de produtos de saúde e bem-estar.

Componente importante da atividade desta farmácia são os serviços que são disponibilizados à população, como a administração de injetáveis ou a determinação de parâmetros bioquímicos, por exemplo. Para Luís Silva, a prestação deste tipo de serviços assume cada vez mais relevância na atividade das farmácias comunitárias, até como aspeto diferenciador da atividade principal de dispensa de medicamentos, mas fundamentalmente pela afirmação profissional.

Por serem áreas específicas da prestação de cuidados de saúde, que requerem conhecimentos mais aprofundados e a aquisição de competências nas respetivas matérias, o diretor técnico da farmácia entende que estes serviços devem ser justamente remunerados e eventualmente comparticipados, tendo em conta a mais-valia clínica e económica que possam gerar para o Estado e para o doente.

Enquanto delegado associativo na região, Luís Silva acompanhou de perto a evolução do setor e promoveu encontros regulares entre colegas. Nestas funções sempre procurou alertar  para o efeito perverso da prática de descontos nas farmácias, cujo efeito em cascata poderia arruinar as perspetivas de todos os farmacêuticos na região.

Sempre defendeu que a concorrência entre farmácias não deve estar focalizada no preço dos produtos, mas na qualidade do serviço prestado e na panóplia de serviços que é disponibilizada. Estes devem ser os aspetos que diferenciam as farmácias e levam à escolha dos cidadãos.

No final desta visita à Farmácia Dona Teresa, a bastonária agradeceu ao responsável todo o trabalho que vem desenvolvendo na sua farmácia e o seu importante contributo para o reconhecimento e a confiança que a população deposita nos seus farmacêuticos.

Outros Locais Visitados

29 Out'16 | Ponte de Lima Farmácia da Misericórdia