Tragédias que despertam a solidariedade farmacêutica
18 Jul'17 | Pedrogão Grande

Tragédias que despertam a solidariedade farmacêutica

Enquanto estruturas de proximidade da população, as farmácias conhecem e vivem de perto os problemas das comunidades que servem. Em Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra, durante os dias em que incêndio que devastou a região se manteve ativo, os farmacêuticos comunitários foram muito além das suas funções. Foram para a rua, ajudar as suas populações, apoiar os seus amigos. São muitos os relatos de histórias dramáticas, de destruição e de vítimas que eram conhecidas da farmácia. A moral está em baixo, mas o espírito de entreajuda bem vivo.
[A bastonária esteve acompanhada neste Roteiro pela presidente da Secção Regional do Centro, Ana Cristina Rama]

A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF), Ana Paula Martins, deslocou-se à região de Pedrógão Grande para contactar com os farmacêuticos das zonas afetadas pelos fogos que consumiram a região há um mês atrás, numa comitiva que integrou também os representantes da Administração Regional de Saúde do Centro, da Associação Nacional das Farmácias e da Associação Dignitude.

A dirigente da OF esteve reunida com os responsáveis da Farmácia Baeta Rebelo, em Pedrógão Grande, das Farmácias Vidigal e Gameiro, ambas em Figueiró dos Vinhos, e da Farmácia Dinis Carvalho, em Castanheira de Pêra, visitando algumas destas unidades e contactando com colegas farmacêuticos, funcionários e utentes das farmácias, para perceber de que forma foram afetados pela tragédia, que tipo de apoio foi prestado às populações e as suas maiores carências e necessidades atuais.

Ana Paula Martins ouviu relatos e histórias comoventes, de pessoas que perderam familiares e amigos, que ficaram sem as suas casas ou que viram boa parte dos seus bens destruídos pelas chamas. Registou com especial apreço a disponibilidade e a prontidão dos colegas, cuja intervenção extravasou em muito o domínio da Saúde.
 
Nestas localidades cercadas pelo fogo, as farmácias mantiveram sempre a porta aberta, cumprindo o regime de turnos e disponibilidades definido para a região e lidaram bem de perto com o sofrimento dos habitantes locais. Na prática, foi como se fizessem parte das equipas de emergência. De forma espontânea, os utentes recorriam à farmácia para relatar a sua história, pedir auxílio ou aconselhamento sobre produtos de saúde indicados para a situação que viviam.
 
A bastonária espera que estas experiências possam, de algum modo, ajudar a definir e a preparar os restantes colegas para lidar com situações de emergência e calamidade, em especial nas regiões mais isoladas. Estes profissionais de saúde estão sempre disponíveis para ajudar as equipas de emergência numa resposta integrada e adequada às necessidades das povoações, bem conhecidas dos farmacêuticos locais. 
 
Tal como já havia feito dias após o incêndio, em carta enviada aos presidentes de Câmara e de Juntas de Freguesia da região, a bastonária reiterou a total disponibilidade da OF, quer a nível nacional, quer a nível regional, através dos seus representantes locais, para apoiar as autoridades do distrito de Coimbra.
 
A OF está também a estudar a possibilidade de ativar o seu Fundo de Solidariedade para apoiar os farmacêuticos das regiões afetadas pelos incêndios. Conforme foi possível apurar, as farmácias que disponibilizaram medicamentos e produtos de saúde e que prestaram assistência na altura dos incêndios estão a ser ressarcidas pelas instituições. No entanto, existem ainda algumas situações pontuais que merecem uma atenção particular, relacionadas, fundamentalmente, com as "contas correntes" de alguns utentes que vieram a falecer nesta tragédia ou de "vendas suspensas" que aguardavam a entrega da prescrição médica.
 
Foi também com esta abertura que várias as entidades e organizações do setor, entre as quais a OF, se juntaram para ajudar a recuperar uma habitação destruída pelo fogo, numa campanha foi impulsionada pela distribuidora farmacêutica Plural.
 
Também a Associação Dignitude, que integra a ANF, Apifarma, Plataforma Saúde em Diálogo e Cáritas Portuguesa, está no terreno para avaliar e prestar apoio às famílias e utentes em elevada carência, assegurando que continuam a ter acesso à medicação de que precisam. Ao abrigo do programa Abem, será disponibilizado durante os próximos três meses apoio financeiro para aquisição de medicamentos.
 
A OF, em estreita ligação com outras estruturas representativas do setor farmacêutico, continuará acompanhar as necessidades em saúde das populações locais e em estreito contacto com os farmacêuticos da região, assumindo o compromisso de agilizar uma resposta cooperante e integrada aos pedidos endereçados pelas autoridades e população afetada, numa disponibilidade que acredita ser extensível a todos os farmacêuticos portugueses, e muito particularmente sentida pelos recursos farmacêuticos da região.

Outros Roteiros

12 Jul'17 | Alentejo Profissionalismo e proximidade dos farmacêuticos alentejanos Sob o tórrido e típico calor de verão alentejano, a bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, visitou nos dias 10 e 12 de julho os colegas dos... Ler Mais
20 Jun'17 | Braga Gestão privada que serve o interesse público O Hospital de Braga foi considerado o melhor hospital do país na avaliação recentemente divulgada pela Entidade Reguladora da Saúde. Em vários rankings e... Ler Mais
05 Jun'17 | Lisboa Polícia Científica e Ciências Farmacêuticas com ligação umbilical O Laboratório de Polícia Científica é um dos laboratórios mais avançados do mundo, com tecnologia de ponta e recursos humanos altamente qualificados. As suas origens... Ler Mais
05 Jun'17 | Sintra A única profissão de saúde com valências na produção Os farmacêuticos de indústria estão presentes, de forma transversal, em todo o processo de desenvolvimento e produção de fármacos. Desde a direção técnica das... Ler Mais
05 Mai'17 | Trás-os-Montes e Alto Douro Bons exemplos no nordeste do país Quatro dias no interior de Portugal para conhecer as dificuldades e os desafios de quem luta diariamente contra a desertificação. O Roteiro que levou a bastonária às... Ler Mais
18 Abr'17 | Santarém Assistência farmacêutica na região do Médio Tejo A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, visitou, no dia 18 de março, o distrito de Santarém, em mais uma iniciativa integrada no projeto "Roteiros... Ler Mais
21 Mar'17 | Oeiras Profissionais de saúde no sistema de saúde prisional Impulsionados pela bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF), os bastonários das Ordens dos Enfermeiros e dos Médicos acompanharam Ana Paula Martins na visita ao... Ler Mais
17 Mar'17 | Coimbra Laboratórios que prezam a qualidade e proximidade O Roteiro Farmacêutico realizado no dia 17 de março, na cidade de Coimbra, envolveu a visita a dois laboratórios de análises clínicas dirigidos por duas farmacêuticas... Ler Mais
02 Mar'17 | Lisboa Farmacêuticas nos cuidados de saúde primários Serão pouco mais de meia centena os farmacêuticos que trabalham nas cinco Administrações Regionais de Saúde do País. Na região de Lisboa e Vale do Tejo, reside um dos... Ler Mais
06 Fev'17 | Portimão Intervenção farmacêutica nos serviços públicos algarvios Na primeira vez que se deslocou ao Algarve no âmbito dos Roteiros Farmacêuticos, a bastonária contactou com três áreas distintas de intervenção profissional dos... Ler Mais
05 Dez'16 | Loures Farmácia Hospitalar em hospital PPP A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos visitou, no dia 5 de dezembro, o Hospital Beatriz Ângelo (HBA), em Loures, onde foi recebida pelo administrador executivo,... Ler Mais
29 Nov'16 | Penafiel Dispositivos médicos de produção nacional A Bastos Viegas é um dos vários bons exemplos de empresas portuguesas altamente credenciadas a nível internacional. É referência a nível mundial na área dos... Ler Mais
29 Nov'16 | Porto Cada farmácia com a sua história e experiências Foram quatro as farmácias visitadas pela bastonária durante o Roteiro realizado na região Porto. Separadas pelo Douro ? duas no Porto; duas em Vila Nova de Gaia ?... Ler Mais
28 Nov'16 | Porto Qualidade, segurança e eficácia na terapêutica oncológica O Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto recebeu no dia 28 de novembro a visita da bastonária da Ordem dos Farmacêuticos. O presidente do Conselho de... Ler Mais
29 Out'16 | Ponte de Lima Uma profissão com muitas referências Manuel Pimenta é um dos mais distintos farmacêuticos do nosso País e uma personalidade de referência na vila que ostenta o título de mais antiga de Portugal: Ponte de... Ler Mais
28 Out'16 | Vila Nova de Gaia Farmacêuticos hospitalares compensam com esforço o subfinanciamento da saúde Em visita aos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), a bastonária louvou o esforço dos farmacêuticos hospitalares que... Ler Mais
28 Out'16 | Porto Transformar conhecimento em valor económico A bastonária foi conhecer a incubadora de empresas da Universidade do Porto - UPTEC-Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto - para perceber os apoios... Ler Mais
23 Jul'16 | Açores Os desafios da insularidade e da descontinuidade geográfica A bastonária visitou a Região Autónoma dos Açores, entre 21 e 23 de julho para contactar com os colegas farmacêuticos açorianos e com eles analisar a atualidade do... Ler Mais
17 Jul'16 | Madeira Em contacto com os farmacêuticos madeirenses Nos dias 15, 16 e 17 de julho, a bastonária deslocou-se à Região Autónoma da Madeira, em mais uma etapa dos Roteiros Farmacêuticos, que passou pelo hospital,... Ler Mais
12 Jul'16 | Lisboa Antigas instalações da farmácia privada são agora para o ambulatório hospitalar A convite do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), Carlos Martins, a bastonária da OF, Ana Paula Martins, deslocou-se no... Ler Mais
08 Jul'16 | Figueira da Foz Serviços farmacêuticos à medida da população A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) visitou a 8 de julho a Farmácia Saúde e a Farmácia Saúde Lavos, ambas no concelho da Figueira da Foz. As diretoras... Ler Mais
25 Mai'16 | Lisboa Responsabilidade farmacêutica em oncologia Os farmacêuticos que trabalham no Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPOLFG) são responsáveis, mensalmente, pela preparação de mais de 3 mil... Ler Mais
11 Mai'16 | Vila Franca de Xira Mais de 200 farmacêuticos a servir nos arredores A "primeira etapa" dos Roteiros Farmacêuticos passou pelo concelho de Vila Franca de Xira, nos arredores de Lisboa. A bastonária visitou algumas unidades de saúde... Ler Mais